×
Daniel Dutra, Diretor
Convés Artigos
Daniel Dutra, Diretor

Viva os nossos 5 Anos!

Olhar para trás e escrever sobre a história da Marino é muito emocionante para mim. Nesse mês de março de 2023, estamos completando cinco anos de história e estamos vivendo um Ano Dourado.

Todo esse entusiasmo, inclusive, inspirou o tradicional brinde do escritório do nosso último ano. Lançamos nossa própria barra de chocolate recheada, Golden, que é ao mesmo tempo um agradecimento aos clientes e parceiros e também um anúncio de que coisas especiais acontecerão agora em 2023.

Desde a nossa fundação, mantemos firmes a ideia de que as estratégias de branding devem se inspirar na profundidade do oceano de cada negócio. É aí que há direção para construirmos marcas fortes.

Para nós, marcas fortes não são simplesmente o resultado de um nome, logotipo, embalagem ou site. Marcas fortes traduzem o posicionamento do negócio e integram pontos de contato online e off-line, da estratégia ao lançamento.

Ao escrever este texto, eu não tenho a pretensão de fazer parecer uma história de superação. Até porque eu reconheço os meus privilégios. Essa é só a história da Marino. É um registro sobre onde a gente estava há cinco anos e sobre onde estamos hoje.

Uma carreira acadêmica interrompida

Em março de 2018, eu estava desacreditado da minha carreira acadêmica. Na época, eu não havia sido aprovado em um concurso para professor na Universidade Federal do Espírito Santo. Enviava, sem sucesso, dezenas de currículos para outras Faculdades de Design e Comunicação.

Lembro, também, que dois artigos, fruto da minha dissertação sobre Políticas de Design para a cidade de Vitória, tiveram visibilidade na época no Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design. Fiz alguns contatos e planejava ser aceito em um Programa de Doutorado em Design Policy na Universidade de Cardiff, no País de Gales. 

Essa minha última esperança naufragou com a notícia da aposentadoria repentina do professor coordenador do programa, causada pela descoberta de um câncer.

Por outro lado, o cenário para embarcar na Marino era muito positivo. Eu já fazia alguns projetos e tinha clientes que acreditavam no meu trabalho. Mas eu tinha medo. 

Empreender: uma palavra assustadora

Hoje com um pouco mais de maturidade, eu percebo que eu não tinha medo de fazer projetos ruins, era um medo de fracassar fazendo algo que pessoas na minha própria família faziam tão bem: criar, gerir e fazer crescer o próprio negócio. 

Eu tinha medo dessa palavra da moda EM-PRE-EN-DER, que na minha casa não era sinônimo de ‘diversão’, ‘correr atrás do seu próprio sonho’, ‘ser chefe’ ou ‘trabalhar pouco’. Muito pelo contrário, empreender pra mim sempre foi sinônimo de trabalhar duro.

Preciso reconhecer que eu sou um homem privilegiado. Eu tenho uma condição familiar, que ao mesmo tempo que me desafiou, me deu garantias, e isso com certeza fez muita diferença. Mas teve uma pessoa que me deu um suporte especial: o meu avô.

21 de Março de 2018: O Dia 1 da Marino

Lembro de passar na loja do meu avô e perguntar o que ele achava da ideia. Ele sabiamente respondeu: “Você só vai saber se você tentar! Experimenta até o final do ano, são 9 meses. Se não der certo, você tenta outra coisa. O que você precisa para começar?”

Respondi: “Eu estou indo fazer o registro do meu CNPJ agora e à tarde vou comprar um computador. Estou pensando em contratar alguém para me ajudar nos projetos”.

E as perguntas dele continuaram: “Você tem dinheiro, Daniel? Fez as contas se vai conseguir pagar além da energia, condomínio, os impostos e custos desse funcionário?”

“Fiz sim, vô. O computador eu vou comprar no cheque. Eu tenho uma reserva para as outras contas.” Expliquei a ele. “Então, tá bom! Passa aqui de tarde, que eu vou lá na loja com você”. Ele finalizou e encerramos o assunto.

À tarde, fomos eu e ele lá na loja comprar o computador. Lembro, claramente, que quando comecei a preencher os cheques, meu avô pegou a carteira dele e disse: 

“Peraí! Deixa que esse computador eu vou pagar! Logo logo, você vai ter quatro. Você vai ver!”.

Um mês depois, meu avô faleceu. Ele teve uma morte súbita, durante a Missa de domingo na Comunidade que ele frequentava fielmente todos os domingos. Na missa, cercado de todos os seus amigos, meu avô partiu, rápido, sem sofrer.

Em setembro do mesmo ano, seis meses depois da Marino iniciar as suas atividades, lembro de antes de sair do escritório, olhar para a sala e contar: 

‘1, 2, 3, 4 computadores.

⠀Vô, você acertou! Mais uma vez.

2023: Nosso Ano Dourado

Ao longo desses cinco anos, o Jeito Marino de Construir Marcas Fortes ganhou corpo e a adesão de centenas de clientes dos mais diversos segmentos, entre pequenas e grandes empresas, locais e globais. 

Escritório da Marino em 2020. Aproveitei o Home Office forçado pela pandemia para fazer uma reforma no escritório.

Alguns destaques de marcas locais são: Pró-Laranja, indústria de suco natural de laranja do Espírito Santo, cliente da Marino desde 2018 que vem desde então passando por um acompanhamento completo da estratégia da marca, identidade, pontos de contato online e offline. Casa Hitz, um novo conceito de entretenimento na ilha capixaba, que nos proporcionou um trabalho de branding 360º, com uma atuação da equipe da Marino por todo o nosso portfólio de serviços.

Entre as marcas globais, destacamos a Aço Art, fabricante de máquinas inteligentes para o beneficiamento de rochas, com liderança de vendas absoluta no Brasil e presente em outros 15 países do globo que teve um rebranding completo realizado pela Marino; reposicionamento de marca para Vitoria Stone Fair, a maior feira de rochas naturais das Américas; e, mais recentemente, a Log-In Logística Intermodal, que contratou a Marino para um trabalho contínuo de Endomarketing e Comunicação Interna para os milhares de colaboradores da companhia.

A todos estes e aos demais nossos clientes, gostaríamos de agradecer pela confiança e por nos desafiar todos os dias a irmos mais longe. Isso significa para mim uma imensa responsabilidade.

A Marino chegou mais longe do que pensava e isso se deve também à criatividade transformadora e o trabalho duro dos nossos tripulantes e de todos nossos ex-colegas que deixaram sua marca na agência. O meu muito obrigado a todos vocês!

Deixe seu comentário


Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Gabriel Gomes
Gabriel Gomes
10 meses atrás

Muito bom, Daniel! Incrível ver o tanto que já foi feito em apenas 5 anos! Parabéns mais uma vez!